top of page

O que fazer em Monte Verde


1 – Avenida Monte Verde

A principal atração do distrito é circular pela sua rua principal, a Avenida Monte Verde. A via concentra todos os restaurantes, lojas e serviços de Monte Verde.

Toda decorada com flores e com casas em estilo europeu, o centro faz referência a alguns países como Suíça (Monte Verde é conhecida como “Suíça Brasileira), Alemanha e Itália. Tudo muito charmoso.

Fique de olho por exemplo nas galerias como a Galeria Suíça, o Shopping Center Celeiro (tem um cantinho lá para ver esquilos), a Vila Europa e a Vila Germânica.

Dentro de cada uma delas existe muitos lugares para explorar além de lojas de roupas e souvenirs, como cachaçarias, cervejarias e chocolaterias.






2 – Passeios de Jeep

Como boa parte das ruas de Monte Verde é de terra, em particular as que levam até as trilhas altas, uma boa opção para desestressar é contratar um passeio de jeep.

Na Avenida Monte Verde, é muito comum encontrar várias agências oferecendo o passeio.

O Tour de Bike, por exemplo, é uma opção perfeita de contato com a natureza. O tour termina com um delicioso picnic na vila da Cia Melhoramentos. O lugar é de uma tranquilidade inspiradora.

Para quem não quer fazer muito esforço, dá para fazer apenas o piquenique.





3 – Trilhas em Monte Verde: Parque Verner Grinberg

Para os trilheiros, a dica é visitar a APA Fernão Dias – Área de Proteção Ambiental.

O ponto de partida é a Caixa d’Água, ao final da Avenida das Montanhas.





Pedra Redonda

· Uma das mais famosas de Monte Verde, porque é uma das mais fáceis, oferece belos mirantes e o cume plano.

· Altitude: 1990 metros

· Distância: 1,8 km ida e volta (1h30)

· Nível de Dificuldade: Moderada (tem um trecho íngreme no final)


Pedra Partida

· A Pedra Partida tem uma vista de 360 graus, de onde é possível ver até a Pedra do Baú, já no Estado de São Paulo.

· Altitude: 2046 metros

· Distância: 1,6 km ida e volta (3 horas)

· Nível de Dificuldade: Intermediário


Chapéu do Bispo

· É a trilha mais fácil e curta de Monte Verde, com um trecho íngreme no início mas que fica fácil depois

· Altitude: 2030 metros

· Distância: 1,3 km ida e volta (1h30)

· Nível de Dificuldade: Fácil


Trilha do Platô

· Esse mirante é uma continuação do Chapéu do Bispo.

· Altitude: 1900 metros

· Distância: 2 horas (ida e volta)

· Nível de Dificuldade: Fácil

Pico do Selado

· Pico mais alto do sul de Minas Gerais. A caminhada é longa e puxada, e fica na sequência da Trilha do Platô. Mais do que as outras, é importante ir com guia pois há risco de se perder.

· Altitude: 2082 metros

· Distância: 5 horas ida e volta

· Nível de Dificuldade: Difícil



4 – Mirante do Aeroporto

Uma das formas de ver todos os picos de Monte Verde é através do mirante do aeroporto local. O aeroporto fica a 1600 metros de altitude e é considerado o mais alto do Brasil.

Do Mirante do Aeroporto é possível avistar toda a vila, além das Pedras Partida, Redonda, Chapéu do Bispo e Pico do Selado.

O aeroporto é bem modesto e somente para voos particulares e aeronaves de pequeno porte, mas o que importa mesmo é a vista que se tem dele.

Algumas araucárias (árvores comuns na região) compõem o cenário perfeito para fotos.





5 – Tirolesa, Quadriciclo e Atividades de Aventura

Mas para quem pensa que Monte Verde é só ficar namorando na lareira ou comer um fondue, a surpresa são as diversas atividades radicais encontradas no destino.

Um dos lugares para fazer várias dessas atividades é o Circuito de Aventura Fazenda Radical. O circuito oferece atividades desde o passeio de quadriciclo, escalada, arvorismo, arco e flecha, slackline e até uma tirolesa infantil, de 80 metros de extensão e a 10 metros de altura.

A Mega Tirolesa é a grande atração do lugar e a maior tirolesa de Monte Verde. Na verdade são duas tirolesas, na ida são 450 metros e na volta mais 475 metros somando 925 metros. Tudo isso atingindo mais de 70 metros de altura.

O sistema dessa tirolesa é com dois cabos aéreos. A gente nota que a segurança é uma das principais preocupações da Fazenda Radical, que segue os critérios da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas).

Para participar, o peso mínimo é de 40 kg e os usuários devem usar roupas leves e tênis (não é permitido fazer de chinelo ou tamanco). Não é permitido descer segurando celulares ou máquinas fotográficas como a GoPro, já que a descida é sobre uma floresta de mata fechada. Mas é permitido fixar a GoPro através de acessórios.




6 – Escola de Falcoaria

A Falcoaria é uma arte milenar e uma linda interação entre o homem e a natureza.

A falcoaria é reconhecida pela UNESCO como Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade.

Para quem não se animar com os gaviões, a interação com as corujas também é possível.

Depois da série Harry Potter, a interação com esses animais ficou ainda mais popular, mas é importante saber que na Escola de Falcoaria elas são cuidadas com respeito e nas melhores condições. As aves não podem ser tocadas nem acariciadas.

Para realizar o passeio orientado de 1 hora, que acontece no Circuito de Aventura Fazenda Radical, é preciso agendar previamente por e-mail ou whatsapp. O custo para a interação é de R$ 70,00 por pessoa. Para quer estiver somente acompanhando e não desejar interagir, não se paga nada. Mas acreditem, vai ser difícil não querer participar.

A atividade pode ser realizada por qualquer pessoa sem experiência e a idade mínima aconselhada é de 7 anos.




7 – Cervejas, Cachaças e Licores

Outro dos programas bem legais em Monte Verde é degustar cervejas e cachaças artesanais.

A Arsenal da Cerveja, na Galeria Suíça, é um desses lugares onde o arsenal é mesmo o forte do lugar. São mais de 200 rótulos, entre cervejas nacionais e importadas.

A equipe recebe treinamento e entende muito de cervejas. Vale super a pena conversar com eles sobre a história e as características de cada bebida da casa.

Conheça também a Confraria Paulistana, que fica bem em frente é um ótimo lugar para tomar cerveja e comer petiscos.

A Cachaçaria das Gerais fica no Shopping Center Celeiro, e oferece degustação e venda de sabores inusitados de cachaças e licores.

Uma das bebidas mais vendidas da casa é a Cachaça de Banana, mas há também as Cachaças de melão, maracujá, gengibre ou até de milho. Vale até Cachaça de Danoninho. E a Cachaça de Quentão é perfeita para os dias mais frios.



58 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page